Home>Saúde>Autismo: conheça o transtorno
Saúde

Autismo: conheça o transtorno

Foto: Pixabay/5712495

O Autismo ou Transtorno de Espectro Autista (TEA), é um transtorno que causa problemas no desenvolvimento da linguagem, no processo de comunicação, na interação e no comportamento social. O Autismo não possui cura e suas causas são incertas, mas pode ser trabalhado e melhorado para que a criança tenha melhor convívio social.

Atualmente o TEA atinge 70 milhões de pessoas no mundo, segundo a OMS, e no Brasil são 2 milhões. O transtorno precisa ser identificado o quanto antes, pois afeta o individuo que possui e as pessoas que cuidam dele, por se sentirem incapazes de lidar com a situação.

Existem alguns tipos de autismo e diferentes níveis.

Entenda os 5 tipos de autismo:

Síndrome de Asperger

É a forma mais leve do espectro autista. Quem possui tem o interesse obsessivo por um único objeto ou assunto e pode discutir sobre por várias horas.

Quem desenvolve a síndrome possui inteligência acima da média, mas quando alcançam a idade a adulta correm um risco maior de desenvolver depressão ou ansiedade.

Transtorno Invasivo do Desenvolvimento

É um pouco mais grave que a Síndrome de Asperger. Os sintomas variam muito, mas os principais são: interação social prejudicada, competência linguística razoável, comportamentos menos repetitivos.

Transtorno Autista

Sintomas superiores aos listados acima. A capacidade social, cognitiva e linguística é bastante afetada, além  de possuírem comportamentos repetitivos.

Síndrome de Rett

Apesar de ser parecida com o autista, a Síndrome de Rett não tem relação com espectro autista. Os sintomas da síndrome são: parar de responder socialmente, torcer as mãos e fazer disso um hábito, perda da competência linguística e o crescimento da cabeça diminui.

Transtorno Desintegrativo da Infância

É o transtorno mais grave do espectro autista, porém o menos comum. Os sintomas aparecem geralmente entre 2 e 4 de idade, quando a criança perde de maneira brusca as habilidades sociais, linguísticas e intelectuais, depois de perdida essas funções não podem ser mais recuperadas.

Além dos tipos, existem os níveis de gravidade da doença.

Nível 1 (leve)

Comunicação social: demonstram pouco interesse em interações sociais e possuem dificuldade em iniciarem uma relação social.

Comportamento repetitivo: possuem problemas de organização e planejamento, além que tem dificuldade em trocar de atividade (como brincadeiras) e o comportamento inflexível indefere em um ou mais contexto.

Nível 2 (médio)

Comunicação social: déficit nas habilidades sociais, seja verbais ou não verbais. Prejuízos sociais, mesmo com apoio, e dificuldade de interação.

Comportamento repetitivo: dificuldades em lidar com mudanças e comportamento inflexível e repetitivo frequentemente.

Nível 3 (grave)

Comunicação social: déficit grave de comunicação verbal e não verbal. Dificuldade em interação social e em se abrir com alguém.

Comportamento repetitivo: os mesmo que os apresentados no nível dois.

Sintomas

O espectro autista é caracterizado pela dificuldade em se comunicar e interagir socialmente, além de comportamentos repetitivos.

Comentários

Comentários