Home>Colunas>A terapia das palavras
Colunas

A terapia das palavras

Por: Sílvia Pereira

Foto: Sílvia Pereira

Caro leitor,

É com muito prazer e alegria que hoje escrevo pela primeira vez neste espaço. Diz uma premissa que escrever é um ato solitário. Nem tanto. Viajando entre desertos e por mares incertos, vamos nos encontrando na terapia das palavras. Debruçamos no papel nossos medos, angústias, nossos encontros e desencontros, amores e nem tanto. É mesmo um êxtase inexplicável terminar um texto, uma poesia e gostar do resultado.

Para que nos tornemos amigos, e a leitura seja fluida e agradável na correria de nosso cotidiano, inicio hoje com uma poesia de reflexão amorosa que só os amantes conhecem. É ela, “Quando penso em você”. Boa leitura e volte sempre!

Quando penso em você
 
Ah, quando penso em você,
Penso em um dia de sol
em um dia de outono,
em abastança e fartura
 
Nas noites de verão,
depois do banho de mar,
a frescura do corpo
a rolar pela areia úmida.
 
Quando penso em você,
veem-me os dias de brincadeira de roda,
a gargalhada roubada
a alegria de um bebê
 
Quando penso em você,
lembro-me o dia da formatura,
da sensação de sucesso
da jornada cumprida.
 
Pensei em um bom pedaço de queijo com goiabada
e eu ser Julieta; você, Romeu.
Pensei em um doce bem-casado, eu e você.
Pensei nos Beatles, eu Yoko, você Lennon
 
Na cumplicidade 
Pensei ser fiel e eterna cúmplice, 
Rainha de seu harém
Cleópatra sem veneno.
 
Imaginei-me Evita, você Peron.
Eu, Olga, você Prestes.
Elza com Garrincha,
Anita e Garibaldi.
 
Procurei, procurei…
Desenfreadamente, procurei por você.
Imensamente crente na felicidade,
pensei tê-lo encontrado.
Será?
 

Sílvia Aparecida Pereira

É professora de Língua Portuguesa, cursou Letras na UNIFAC, Botucatu, é Pedagoga pela UNESP/UNIVESP – Bauru. Atua na área da Educação há 23 anos. Tem em seu currículo Senai – Botucatu e Bauru, SENAC, SESI, e EDUVALE – Avaré. Atualmente é diretora na E.E. Américo Virgínio dos Santos. Escreveu em cinco edições para a APEB – Botucatu, tem dois livros de coletânea, um pela editora A Palavra é arte e outro “Poemas transbordantes” pela Editora Palavra Viva. Revisou os livros do escritor Ieso Nascimento, “O guardião dos gentios” e “Corno e outros Bixos”. Vem aí, seu novo livro de poesias e contos “Conversas com o travesseiro”.

Comentários

Comentários