Home>Geral>A nocividade do consumismo para o meio ambiente
Geral

A nocividade do consumismo para o meio ambiente

No mundo globalizado em que vivemos, onde o sistema dominante é o capitalismo, práticas como o consumismo são cada vez mais comuns.

Pela valorização do ‘ter’ e não do ‘ser’, juntamente com a grande influência midiática, o consumismo vem crescendo no Brasil e no mundo. Consumismo é um distúrbio de compulsão caracterizado pelo ato desenfreado de comprar utensílios sem necessidade, afim de suprir a necessidade de apenas ter o produto.

Segundo a pesquisa realizada pelo Instituto Ataku em 2018, 79% dos 1090 entrevistados, não são praticantes do consumo consciente. Os resultados não surpreendem, porém são consideráveis os riscos que o consumismo traz, não somente para o individuo que o faz, mas para a sociedade e meio ambiente.

Com as compras desenfreadas, supérfluos são cada vez mais consumidos, e os lançamentos sempre os requisitados. Acontece que esse ciclo em que o mundo moderno implantou após a segunda revolução industrial, e o impacto das mídias vem reforçando, causa sérios danos ao meio ambiente.

O Brasil é o segundo País que gera mais lixo eletrônico na América Latina, atrás somente dos EUA, gerando 6,3 toneladas por ano. Isso é um reflexo do consumo exacerbado praticado por grande parte da população. Segundo dados da Global E-waste Monitor divulgados em 2017, o Brasil, sozinho, gerou 1,5 milhão de toneladas de lixo eletrônico em 2016. Os dados refletem o desperdício de recursos, e a falta de percepção sustentável e cuidados com o meio ambiente, considerando o fato de que esse lixo eletrônico é descartado em locais inapropriados, a céu aberto, o que prejudica o meio ambiente e a saúde das pessoas.

A relação de consumismo, meio ambiente e sustentabilidade é totalmente estreita e é necessária uma reflexão acerca do assunto. Severas mudanças climáticas ocorrem atualmente por conta do dano causado ao meio ambiente pelas indústrias. O consumo consciente faz com que o individuo tenha a mentalidade sobre a importância do equilíbrio de consumo, e como a prática do consumismo pode ser nociva ao sistema ambiental.

A sustentabilidade é um apenas um conceito na maioria do País, e pesquisas mostram que a maioria dos brasileiros tem o desejo de levarem uma vida mais sustentável, porém não há conhecimento suficiente acerca do assunto, segundo dados da pesquisa feita no instituto Ataku.

É necessária a mentalidade, consciência e educação ambiental, para que gere mudanças de hábitos e o consumismo diminua no País, para que os recursos naturais não sejam impactados.

Comentários

Comentários