Home>Colunas>Quebrando tabus: Mulheres bem resolvidas!
Colunas Sensualidade

Quebrando tabus: Mulheres bem resolvidas!

Desde muito tempo somos bombardeadas com a ideia de que devemos ser submissas, de que devemos seguir o ciclo natural da vida, nascer crescer, casar e reproduzir, de que devemos ser recatadas e do lar, os primeiros cursos técnicos para mulheres ensinava a como cuidar de sua casa, seu marido e seus filhos (puericultura), e ainda a bordar.

Já os serviços pesados ficavam para os homens como a marcenaria e carpintaria…desde muito cedo olha se para a mulher e vê uma figura indefesa, de porcelana que se magoa, que se quebra e machuca fácil.

Mas a muito tempo mulheres como Joana d’Arc (mártir que libertou a França do domínio inglês e foi queimada viva acusada de heresia), Anne Frank (escondida dos nazistas dois anos com sua família e outros dentro de um anexo secreto), Onna Bugeisha (primeira mulher samurai), Leila Diniz (pioneira em usar biquíni em plena gravidez), ou ainda as mulheres que participaram do BraBurners and Miss America” (Queimadoras de Sutiãs e Miss América), Maria da Penha (lutou 20 anos pela lei que leva seu nome), existiram para quebrar esse mito.

Sabe o que o todas essas mulheres tinham em comum, eram mulheres bem resolvidas, que tinham seus ideais e lutavam por eles! E graças a mulheres assim hoje podemos, votar, dirigir, usar uma saia curta.

Só que ser sexy, a sensualidade não vem de uma saia curta de um decote profundo, de uma maquiagem, de um corpo perfeito, temos que parar de cultuar nossos corpos, mulheres assim não são felizes acham que precisam do erotismo para ter a atenção dos homens, sem perceber que na verdade eles perdem a cabeça com a nossa auto estima alta, confiança em sermos nós mesmas sem se importar com a opinião alheia, não a nada mais sexy do que amor próprio, então se quer encantar um homem, um homem de verdade seja você mesma, se aceite. A partir do momento que você prender a se amar, poderá ensinar as pessoas ao seu redor a como fazer isso!

Alice Rodrigues Alves

Comentários

Comentários