Home>Destaques>Recolocação no mercado de trabalho
Destaques Dicas Dicas de Gestão

Recolocação no mercado de trabalho

O desemprego no Brasil alcançou 13 milhões de pessoas em 2017. Para quem ficou desempregado, se recolocar no mercado de trabalho não é uma tarefa fácil, ainda mais em tempos de crise econômica. No entanto, essa dificuldade pode ser mitigada com criatividade e renovação.

Projeções da consultoria econômica ‘Tendências’ e da consultoria em negócios e serviços ‘GO Associados’, estimam que, no segundo semestre de 2017, o desemprego irá ter uma queda, porém, o país só volta em uma situação de pleno emprego em 2020. Com base nesses dados alarmantes, Deborah Toschi, coach de carreira e mentora, dá algumas dicas de como aumentar as chances de se recolocar no mercado de trabalho. Confira!

  • Construa seu nível de qualificação

Não estar trabalhando não significa deixar seu desenvolvimento de lado. Caso não seja possível fazer um curso pago, invista em um curso gratuito. Hoje existem várias opções online. Aproveite o tempo livre para assistir palestras relacionadas às habilidades que deseja desenvolver. Aproveite o tempo para colocar sua leitura em dia!

  • Mantenha seu nível de energia e motivação em alta!

Procure realizar atividades que tragam mais combustível para este momento, muitas vezes estressante. Esteja ainda mais próximo de pessoas com as quais você possa trocar conversas inspiradoras. Mantenha uma rotina. Não precisa ser nada rígido, mas tenha uma agenda com as atividades fixas que você mesmo estabeleceu. Coloque horários para buscar oportunidades, para fazer sua caminhada, para tomar o café com aquele colega de trabalho, etc.

  • Construa sua rede

Não espere até sua próxima busca por um trabalho para construir e manter uma rede profissional sólida. As pessoas precisam saber do seu momento, o que você está buscando e que tipo de projetos está interessado. Isso é uma das coisas mais importantes que você pode fazer, independente do seu status de emprego. Seja online ou presencialmente, reforce o contato com pessoas da sua rede e busque novas conexões.

  • Crie novos hábitos!

Você pode começar a escrever artigos, um blog ou até mesmo manter seu LinkedIn mais atualizado, compartilhando artigos da sua área ou assuntos do seu interesse. Desta forma você terá uma atividade nova, aproveitará melhor o seu tempo e se manterá atualizado sobre informações da sua área de interesse. Isso ajuda a demonstrar seu compromisso com a sua carreira.

  • Encontre um mentor

Um mentor pode ser um profissional ou mesmo um colega que você admira. Esta pessoa com certeza vai contribuir não só neste momento de transição, mas em muitas fases do seu desenvolvimento profissional. A troca com alguém de confiança e que tenha uma bagagem significativa, é algo de grande valia.

Comentários

Comentários