UPbe04
Editorial ModaGeralModa

Como os calçados veganos impactam o mundo da moda

Calçados Veganos
Reprodução: Freepik

Independente de onde você vá, provavelmente seus sapatos serão escolhidos a dedo antes dos seus pés pisarem fora de casa. Não é à toa que o mercado de calçados possivelmente se tornará um negócio de US$120 bilhões até 2026, como estima a Vogue. Mas em um mundo cada vez mais dependente de mudanças socioambientais, esse fato também pode ter impactos negativos para o meio-ambiente.

De acordo com uma pesquisa, as indústrias de vestuário e calçados geraram entre 5% e 10% da poluição no globo terrestre em 2016. Aqui no Brasil, por exemplo, no Rio Grande do Sul, o maior gerador de resíduos sólidos é o setor coureiro-calçadista; isso porque a cadeia têxtil e do couro são grandes poluidores no mundo todo.

UPbe16

É com essa preocupação e pensando em métodos de produção alternativos que a demanda por calçados mais sustentáveis e éticos tem crescido e possui uma taxa de crescimento anual de 7,2%. E é aí que começa a magia de tudo isso, na união da moda com a sustentabilidade!

A tecnologia é uma aliada dos calçados veganos

Reprodução: Freepik

Em um mundo em que as matérias-primas pareciam ser sempre as mesmas e que não possuíam alternativas sustentáveis, o avanço das tecnologias de produção auxilia o mercado de calçados veganos a inovar.

Materiais que causam um impacto negativo no meio-ambiente, como o couro, têm cada vez mais alternativas mais sustentáveis. É o caso do Pinãtex, por exemplo. Produzida a partir dos subprodutos da colheita de abacaxi. No caso, as folhas da fruta, a matéria-prima tem a mesma função do couro e é bem mais ecologicamente correto. A produção não possui nenhuma gasto adicional na obtenção, é biodegradável e sua produz biomassa que pode ser convertida em fertilizantes.

UPbe15

Apesar de o Pinãtex ser um dos mais populares, a lista de tecidos Eco Friendly é bem ampla e deve se tornar ainda mais se depender de pesquisadoras como a Carmen Hijosa, desenvolvedora do material vegano.

A mudança começa gradualmente, mas com muita moda

Reprodução: Freepik

Apesar de específico, o nicho possui grande mercado para crescimento. A produção de calçados veganos é bem vista, e cada vez mais pessoas se interessam em deixar pegadas sem dor. Tanto consumidores, quanto as marcas estão dispostos a inovar.

Segundo Gabriela Tumbiolo, em entrevista ao Jornal Nacional, não existe diferença na qualidade e durabilidade, mas na procedência dos materiais utilizados para a produção dos sapatos veganos em comparação aos considerados comuns. É pensando em consumidores como Gabriela que as empresas do mercado estão ligando o sinal de alerta e entrando nesse nicho. Atualmente a variedade de produtos é grande, basta procurar um pouco para encontrar diversas opções e comprar com a consciência de onde veio e de que é produzido o sapato. Calce essa ideia!

E você, já entrou para essa tendência? Compartilhe esse texto com seus amigos e ajude o mercado sustentável a crescer cada vez mais!

Por: Gustavo Amaral – Jornal Jr. – Unesp/Bauru

Comentários

Comentários

Mostrar mais
UPbe07

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo