UPbe04
BelezaEditorial Beleza

Conheça os benefícios do No e Low Poo para o seu cabelo

UPbe05

Se você já se perguntou, “Como eu posso higienizar o meu cabelo da melhor maneira possível, sem que ele perca todo o brilho e nutrientes? Bom, neste artigo vamos te explicar e ensinar como essa técnica funciona!   

Descubra como o conceito de No e Low Poo pode ajudar você no cuidado diário com seus fios. /Imagem: Freepik

O que é Low Poo?

UPbe16

Antes de mais nada, vamos explicar o que é a técnica.

Low Poo é o nome de um método de lavagem capilar que prioriza um cuidado mais natural e menos agressivo com os fios.

Basicamente, a ideia é amenizar o impacto nocivo que algumas substâncias quimicamente alteradas em laboratório e que são usadas nos shampoos têm sobre a estrutura capilar, especialmente sobre a oleosidade natural dos fios. 

UPbe15

O nome “Low Poo” , é uma referência à palavra shampoo,  carregando o  sentido de um shampoo enfraquecido, em menor concentração ou com ação mais leve, suave (nesse caso a palavra low, em Inglês, tem sentido de pouco, menos).

A criadora dessa técnica foi uma cabeleireira inglesa chamada Lorraine Massey. Ela foi a precursora dessa nova corrente de cuidado com os cabelos que acabou se tornando uma febre mundial. 

Lorraine percebeu que os shampoos tradicionais incluem sulfatos: esses agentes de limpeza são usados, por exemplo, em detergentes de cozinha para eliminar a gordura dos pratos e talheres. Eles são responsáveis por deixar suas mãos ressecadas após lavar as louças. Ou seja, se eles conseguem remover a oleosidade das mãos, deixando-as ressecadas, o que dizer da oleosidade dos cabelos?

Por isso, Lorraine que tinha suas madeixas naturalmente cacheadas, decidiu retirar totalmente de sua rotina de higiene capilar, todo e qualquer tipo de sulfatos, parafinas, petrolatos e qualquer outro tipo de química presente, criando assim, uma nova maneira de se limpar o cabelo.

   

Lorraine Massey, pioneira nas técnicas de No e Low Poo. /Imagem: Redes Sociais  

Como realizar o Low Poo?

Sendo um método direcionado para cabelos cacheados e crespos, usando sulfatos menos agressivos e outros ingredientes suaves que evitam o excesso de ressecamento. Eles também possibilitam um visual mais saudável e bonito, e foi adotado por cabelos ondulados e lisos, pois ajuda a evitar o efeito rebote! 

Os cabelos lisos e ondulados, naturalmente não apresentam problemas de ressecamento, devido a formação mais retilínea dos fios. No entanto, o uso constante de shampoos carregados de sulfatos extremamente agressivos, causam uma reação  no corpo,  provocando uma produção maior de gordura, a fim repor a oleosidade perdida, causando a chamada oleosidade exagerada.

Para começar a sua jornada nesse novo movimento, comece a adquirir produtos que utilizam as fórmulas Low Poo. Não estranhe se o shampoo não fizer espuma, pois devido à anos de uso de shampoos convencionais, assimilamos espuma como sinônimo de limpeza, mas é apenas uma reação química. 

Para saber com exatidão sobre quais produtos não carregam em sua fórmula esses agentes agressivos, procure nos rótulos, produtos com a expressão “liberado para Low Poo”: ela indica que a formulação é adequada e facilita na hora de escolher qual produto comprar.

  Low Poo não é um método de cuidado capilar apenas para cabelos cacheados. / Imagem: Freepik                    

No Poo

Se você já teve experiência com Low Poo e quer mudar a sua maneira de higienizar o seu cabelo, esse método é para você!

Ele consiste em eliminar totalmente o uso do shampoo na lavagem de seu cabelo. Introduzindo no lugar,  bálsamos limpantes, higienizadores capilares e outras misturas naturais e caseiras que garantem a limpeza e saúde capilar, mas não levam qualquer agente químico como silicones insolúveis e petrolatos em sua composição. 

Mas lembrando, por ser um processo de resgate mais intenso da oleosidade natural, o No Poo é recomendado a pessoas com cabelos cacheados e crespos.

Gostou de conhecer sobre essas novas técnicas de higienização capilar? Para ler mais sobre assuntos relacionados, acesse o nosso Editorial de Beleza e fique por dentro das últimas novidades! 

Por: João Pedro Vaz Martinez, Jornal Jr – UNESP Bauru.

Comentários

Comentários

Mostrar mais
UPbe07

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo