Editorial NutriçãoGeralNutrição

Antioxidantes e seus benefícios na alimentação

Omaxlab

Você sabe o que são antioxidantes? Para que servem? Onde encontrá-los e, principalmente, o que muda na sua qualidade de vida? Nesta edição, falaremos sobre todos esses pontos que envolvem uma alimentação saudável, mas que poucos conhecem. Acompanhe o texto a seguir e tire todas as suas dúvidas!

Vários legumes e frutas coloridos dentro e ao redor de uma cesta marrom com um fundo branco.
Os antioxidantes podem ser encontrados em uma alimentação saudável (reprodução: freepick)

O que são os antioxidantes

Quando realizamos uma atividade física ou transformamos o que comemos em energia, automaticamente o corpo gera os radicais livres. Radicais livres são, de modo geral, moléculas que surgem como resultado das atividades celulares ao transformarem componentes em energia. A função dessas moléculas é consumir elétrons de outras moléculas próximas, incluindo as células do nosso corpo. Assim, alteram e podem comprometer as estruturas dessas moléculas, causando:

  • Oxidação;
  • Envelhecimento precoce;
  • doenças como artrite reumatoide;
  • alguns tipos de câncer;
  • doenças cardiovasculares e relacionadas ao envelhecimento, como o Alzheimer, entre outras.

Não temos como evitá-los, pois são produzidos o tempo todo, mas podemos reduzí-los. Para equilibrar os níveis dos radicais livres, existem as moléculas antioxidantes, que suprem a demanda por elétrons deixada pelos radicais. A atividade antioxidante retira os radicais livres do organismo e também inibe o seu impacto. 

Dessa forma, o mais correto é utilizar o termo antioxidante como uma propriedade química e não exatamente como uma substância. 

Atuando dessa maneira, os antioxidantes revertem as ações negativas dos radicais livres e auxiliam na prevenção de doenças, envelhecimento precoce e problemas similares. 

Como encontrá-los na alimentação

As vitaminas A, C e E são os antioxidantes mais conhecidos, podendo serem encontradas em frutas, legumes, verduras, sementes e grãos que, além disso, também contêm alto teor de fibras e baixo teor de colesterol e gordura saturada. A seguir, você pode ver onde cada vitamina é encontrada:

  • Vitamina A:  Espinafre, manga e fígado.
  • Vitamina E: Azeite de oliva, abacate, nozes, amêndoas, beterraba, folhas de mostarda, amendoim, pimentão vermelho, espinafre e semente de girassol 
  • Vitamina C: Limão, caju, acerola, laranja, brócolis, couve de bruxelas, couve-flor, beterraba, kiwi, morango, abacaxi, tomate e pimentão.

Com tanta variedade, não é difícil ter ideias do que preparar para um lanche, certo? Mas cuidado, pois nada em excesso é legal! Lembre-se de que os antioxidantes combatem os efeitos negativos dos radicais livres, mas podem acabar também combatendo os próprios radicais livres, que possuem seus pontos positivos, como a defesas do organismo contra infecções e a conversão das células de gordura em músculos.

Alt Text: Homem negro sorridente de camisa preta, fones brancos, e relógio preto se alongando em frente ao mar e céu azul com algumas nuvens.
Através de um consumo equilibrado de antioxidantes é possível ter uma vida mais leve e com mais qualidade (reproduçaõ: freepick)

O ideal é consumir os antioxidantes de forma natural e, para colaborar com o combate contra o excesso dos radicais livres, levar uma vida de modo a diminuir o estresse, o consumo do cigarro e da bebida alcoólica, a radiação ultravioleta do sol e a poluição ambiental. Além disso, contar sempre com a orientação de um profissional de saúde. Assim, você pode passar a ter uma vida mais longa e com menos problemas de saúde.

Gostou deste texto? Então acesse o nosso blog e veja muitos outros conteúdos sobre nutrição e outros temas!

Por: Lucas Lima Fonseca/ Jornal Jr

Comentários

Comentários

Mostrar mais
UPbe07

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo