Boa FormaEditorial Boa FormaGeral

Atividades de impacto e crescimento: entenda a relação através dos ginastas

Omaxlab

Você já parou para pensar porque ginastas e atletas olímpicos muitas vezes tem uma baixa estatura? Isso porque os atletas praticam desde a infância, por várias horas por dia, as famosas e chaves ‘atividades de impacto´. O esporte em si jamais faria mal ao desenvolvimento da criança, na verdade ele ajuda na maioria das vezes no crescimento, no equilíbrio e até mesmo na confiança do mirim.

Menina flexível isolada na parede branca. pequena modelo feminina como artista de ginástica rítmica em collant brilhante. graça em movimento, ação e esporte. fazendo exercícios com o arco. Foto gratuita
Menina flexível isolada na parede branca. pequena modelo feminina como artista de ginástica rítmica em collant brilhante. graça em movimento, ação e esporte. fazendo exercícios com o arco. Foto: Freepik

O que acontece com os ginastas é que, na maioria das vezes, os mesmo iniciam suas atividades ainda quando crianças e de forma diária e muito presente na vida de cada um. Desta forma, são afetadas os locomotores, assim prejudicando o crescimento do pequeno atleta.

O impacto das atividades- Daí o nome Atividade de impacto- de fato afeta o crescimento dos atletas através da interferência que causam no fechamento dos ossos. Vale lembrar que isso é uma possibilidade e não uma regra já que mais uma vez, o esporte libera o Gh e pode ajudar a criança a crescer.

Ginástica rítmica. ginastas de meninas, realiza diversos exercícios de ginástica e saltos. criança e esporte, um estilo de vida saudável. Foto gratuita
Ginástica rítmica. ginastas de meninas, realiza diversos exercícios de ginástica e saltos. criança e esporte, um estilo de vida saudável. Foto: Freepik

Por fim, é fato que os ginastas são menores, mas não necessariamente porque praticam o esporte mas também porque o tamanho menor pode ajudar no desempenho.

Por: Bruno Barrena-Jornal Jr

Comentários

Comentários

Mostrar mais
UPbe07

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo