UPbe04
ComportamentoEditorial Comportamento
Tendência

O que é compostagem e quais seus benefícios para o planeta?

Compostagem é uma grande aliada do planeta
Foto: Pixabay

A compostagem, conhecida como reciclagem do lixo orgânico, é um processo biológico que transforma materiais orgânicos — como resto de frutas e legumes- em adubo através de micro-organismos, como fungos e bactérias, ainda contando com a presença de minhocas em alguns casos. O adubo gerado do processo nada mais é do que o Húmus. Material homogêneo, rico em nutrientes e extremamente fértil. 

UPbe16

Além de auxiliar na diminuição do lixo orgânico, a compostagem ajuda na fertilização natural do solo, agindo tanto na produção nas agrícolas do campo quanto no meio doméstico. A prática utilizada em grande escala pode erradicar quase toda a poluição de lixo orgânico no planeta e ainda contribuir com a diminuição dos agrotóxicos utilizados como fertilizantes, além de reduzir a erosão do solo em que for aplicado. 

A compostagem, apesar de pouco conhecida, é uma prática humana antiga. Antigos agricultores já utilizavam a prática ao observar o húmus perto de árvores e vales. A reciclagem da matéria orgânica é praticada há séculos.

UPbe15

O processo de compostagem é dividido em três fases: Mesofílica, Termofílica e Maturação. 

Fase mesofílica

A primeira fase ou fase mesofílica, é a fase mais curta em que os microrganismos começam a se proliferar. Mais tarde, estes micro-organismos serão responsáveis por metabolizar as moléculas simples dos resíduos orgânicos. O processo dura 15 dias e a temperatura nas composteiras é de 40º C. 

Fase termofílica

A segunda fase, conhecida como termofílica,  é onde os microorganismos mais resistentes a temperaturas altas- os termófilos- atuam sobre as moléculas mais complexas da matéria orgânica. Com duração mais longa de 2 meses, a fase termofílica também é a fase que higieniza o composto, já que aqui as temperaturas variam entre 69º – 70º C e acaba por eliminar organismos danosos.

Fase de maturação da compostagem

Na última fase do processo, a temperatura diminui e se aproxima da temperatura ambiente. Assim, as atividades dos fungos e bactérias vai diminuindo gradativamente. Além disso, a acidez do antigo composto também diminui. O processo dura entre 1 e 2 meses. 

Compostagem Doméstica: uma possibilidade

A compostagem doméstica é uma prática saudável para quem gosta de jardinagem. Além de diminuir o lixo não só de casa, mas como um todo, a prática serve de adubação dos vasos e canteiros.

Cerca de 50% do lixo urbano hoje é de origem orgânica, e apenas 1% acaba sendo aproveitado. O lixo não aproveitado libera o gás metano, um dos gases danosos para a atmosfera. A prática da compostagem doméstica pode mudar o cenário de poluição urbana, além de diminuir o efeito estufa. Para realizar o processo em casa, basta construir uma composteira em casa, ou comprar caso ache mais acessível. O processo é um pouco trabalhoso, mas as minhocas podem ser grandes aliadas para a manutenção dos ecossistemas.

Por: Bruno Barrena – Jornal Junior – Unesp/Bauru

Acesse todos os nosso conteúdos de Comportamento clicando aqui

Comentários

Comentários

Mostrar mais
UPbe07

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo