ComportamentoEditorial ComportamentoGeral

A influência positiva dos animais de estimação no comportamento humano

Omaxlab

Confira os benefícios que os animais de estimação podem trazer

Casal feliz sentado no sofá em meio à caixas de mudança com seu animal de estimação, cachorro
Animais de estimação podem ser bons companheiros em momentos ruins. (Reprodução: FreePik)

A relação do ser humano com os animais de estimação é bem longa. Estima-se que a domesticação de animais data cerca de 12 mil anos atrás, no período neolítico: quando o homem aprendeu a cultivar a terra, ele também aprendeu a criar animais como reserva alimentar, para transporte de pessoas ou cargas e até mesmo para cuidados com os terrenos para agricultura. 

Desde então, essa relação teve diversas mudanças, tanto comportamentais quanto genéticas, até chegar no que conhecemos hoje. Essa associação entre humanos e animais possibilitou uma co-evolução, em que ambas as partes puderam mudar para se adaptar a uma nova realidade.

É por conta de todo esse contexto evolutivo que hoje temos a possibilidade de interagir tão amigavelmente com diversos animais de estimação. Felizmente, essa relação pode trazer muitos benefícios para os dois lados!

Benefícios comportamentais

Moça acariciando um animal de estimação, gato
A qualidade de vida aumenta consideravelmente com um pet. (Reprodução: FreePik)

Com um bichinho, o seu estilo de vida muda completamente (e isso é bom!). Apesar de ser uma decisão que deve ser tomada com muita responsabilidade, a adoção de um pet provavelmente vai:

  • Aumentar o seu senso de responsabilidade: sendo gato, cachorro, coelho ou papagaio, é o seu dever tomar todos os cuidados. Por conta da dependência que essa outra vida possui, você se torna uma pessoa mais organizada e responsável.
  • Te ajudar a criar uma rotina de exercícios físicos: passeios com o animal serão frequentes e necessários para manter a qualidade de vida do bichinho. Consequentemente, você acaba se tornando uma pessoa mais ativa e saudável.
  • Aumentar sua interação com outras pessoas: os passeios provavelmente resultarão em momentos agradáveis com pessoas próximas ou até mesmo desconhecidos amantes de pets!
  • Aliviar momentos de estresse: o seu animal não te julgará e sempre será um ótimo companheiro em momentos ruins.

Terapia para os mais necessitados

Médica usando máscara e vestimenta de hospital segurando um animal de estimação, gato
Os benefícios de possuir um pet são muitos! (Reprodução: FreePik)

Não apenas são fofinhos e influenciam no seu comportamento diário! Segundo estudo publicado por cientistas da Universidade de Toledo, dos EUA, os animais de estimação auxiliam diretamente no tratamento de transtornos mentais, como depressão ou ansiedade crônica.

Basicamente, a pesquisa analisou a vida de voluntários que se enquadravam como pessoas de baixa renda, com transtorno mental crônico e que viviam sozinhas antes da adoção dos pets. Ao longo de 12 meses, os pesquisadores coletaram amostras de saliva para fazer a análise de três biomarcadores de estresse e conexão: a ocitocina, o cortisol e a alfa-amilase.

Após todo o período, concluiu-se que os voluntários apresentaram níveis menores de ansiedade e depressão depois de um ano de adoção de um animal, e também se sentiam menos solitários.

Além disso, diversos estudos já mostraram que os cães possuem grande capacidade de detectar doenças como Covid-19, tuberculose, Glicemia e tipos de câncer através do olfato aguçado. Isso não significa que os bichinhos de estimação farão o trabalho de exames laboratoriais, mas nos dá uma noção ainda maior do que os cachorros são capazes ao se tratar de auxílio médico.

Tudo isso só nos mostra o quão vantajoso pode ser possuir um animal de estimação. Seja você uma pessoa que prefere gatos ou cachorros, qualquer animalzinho pode trazer benefícios desde que possua uma relação de amor e carinho!

E aí, o que acha de compartilhar esse texto com aquela pessoa amante de pets? Ou, quem sabe, navegar por nossos outros textos e ficar ainda mais antenado sobre práticas de bem estar?

Por: Gustavo Amaral – Jornal Jr. – Unesp/Bauru

Comentários

Comentários

Mostrar mais
UPbe07

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo