Série Bem-estar AnimalUP Enfoque

Up Enfoque – Série Bem-estar animal – Rodrigo Bicalho

Omaxlab

O médico veterinário entrevistado de hoje é o  Rodrigo Bicalho e ele veio nos contar um pouco sobre como os produtos comercializados e desenvolvidos pela empresa Fera Diagnostics and Biologicals Corp  podem atuar na melhora da qualidade de vida e no bem-estar de animais de estimação e animais de produção.

Cobertura completa em nosso canal do Youtube e áudio completo no Spotify.

Rodrigo explicou sobre as etapas fisiológicas do funcionamento do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA) nos animais quando estes estão sob efeito de um agente estressor (i.e., medo). O sistema nervoso autônomo simpático ativa a medula adrenal aumentando a secreção de catecolaminas (adrenalina e noradrenalina), que por sua vez, aumenta a frequência cardíaca, circulação, músculos esqueléticos diminuindo as reservas de glicogênio para aumentar a energia disponível. As catecolaminas são secretadas muito rapidamente em momentos críticos, proporcionando ao organismo a possibilidade de reação muito rápida que consiste na síndrome de Fuga e Luta (Cannon 1929, Moberg & Mench 2000). Bovinos e suínos confinados na fase de desmame e durante o período de transporte principalmente, estão sujeitos a uma grande diversidade de agentes estressores que podem comprometer o bem-estar desses animais, ou até mesmo, levar o animal a morte por enfarto do miocárdio resultante da super estimulação pela adrenalina ou a uma parada cardíaca ocasionada por uma reação excessiva do parassimpático à ação do simpático. Dessa forma, Rodrigo nos apresenta o uso de substâncias apaziguadoras para reduzir o estresse de bovinos e suínos durante o período do desmame e transporte, que são considerados os períodos mais estressantes na cadeia produtiva. Essa substância  é um análogo sintético da Maternal Bovine Apeasing Substance (MBAS). O MBAS é secretado naturalmente pela glândula sebácea localizada na pele da glândula mamária com a função de induzir um efeito apaziguador na prole em amamentação. A substância apaziguadora pode ser aplicada topicamente e é assimilada pela glândula vomeronasal localizada no nariz dos animais. Com essa estimulação da substância na glândula vomeronasal ocorre uma dessensibilização das regiões da amígdala e do hipotálamo. Como consequência, ocorre uma diminuição significativa da percepção de ameaças e suas consequências de estresse nos animais (ver feraah.com).

Camila Vieira Curti

Doutora em Ecologia Evolutiva e Comportamental e Professora temporaria na USP, campus Pirassununga. Experiência em ecologia, comportamento e bem-estar animal

Siga nossas redes sociais, acompanhe todo o conteúdo no Portal Up Cuesta Bem-estar.

Site: upcuesta.com.br

Instagram: @upcuestabemestar

Canal Up Cuesta Bem-estar no Youtube

Canal Up Enfoque no Spotify

Aqui no portal Up Cuesta na Categoria Up Enfoque

Referências: 

Cannon, Walter Bradford. Organization for physiological homeostasis. Physiological Reviews, 9 (3): 399-431, 1929.

Moberg, G. P., Mench, J. A. (Eds.) 2000. The biology of animal stress_ basic principles and implications for animal welfare-CABI.

Site da empresa: feraah.com

Comentários

Comentários

Mostrar mais
UPbe07

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo